Text of Address by Shri. Abhijit Chakraborty, Charge d’Affairesat the Reception to commemorate 62nd Republic Day of India

Your   Excellencies, Distinguished guests, Ladies and Gentlemen,

I warmly welcome all of you on the occasion of the 62nd Republic Day of India and would like to thank you for sparing some time from your busy schedule and be  here with us .

On this day, in 1950, India adopted its constitution. It’s a happy coincidence that Angola adopted its own Constitution in 2010, within months of my joining the Mission here. I have noted with interest the enthusiasm with which it has been disseminated and analysed among the Angolans. It is a welcome development.

2010 was an eventful year for India. We had intensive and productive high-level exchanges with many countries, which was in consonance with the objective of Indian diplomacy ie. to foster an international environment which is conducive to our economic growth, strengthens our security and enhances our strategic options.

And in the process of doing so, India is not only keeping her historic links with Africa intact, but is also revitalizing the relationship by adding a larger dimension of economic cooperation.

India will host a Ministerial level conference of 49 Least Developed Countries (LDCs), which include 33 African countries. The second India Africa Forum Summit will also take place later this year in an African nation. I look forward to Foreign Ministers of Angola and Sao Tome and Principe participating in the LDC conference.

It gives me great pleasure to state that the prestigious Pan African E Network Project between India and Africa , the most ambitious programme of distance education and tele-medicine in Africa ever undertaken has been awarded the Hermes Prize for Innovation in May  2010.  Launched in 2009, 23 African countries are already benefiting   from the shared knowledge in education and medicine from India. I am hopeful of welcoming Angola into the project in  the immediate future.

The warm and cordial relations between India and Angola continues to manifest itself in spheres of trade and commerce with the trade figures surpassing USD4.5  billion  in 2010.

We also had the pleasure  of hosting the Hon’ble Minister of Petroleum of Angola in New Delhi and we have signed a MOU on exploration of oil and natural gas.
It gives me great pleasure to note that more and more Angolan nationals are availing of the opportunity offered by our capacity building and training programmes in a wide range of subjects. In 2010-11 over 60 nationals visited India to participate in the programs.

I am confident that in coming years our bilateral ties shall continue to prosper.

I would like to conclude by conveying   my greetings and   best wishes to all of you and members of your families for the New Year.

Thank You.

( Tradução Informal)
Discurso pela
Sua  Excelencia Abhijit Chakraborty, Charge d'affaires
pelo occasiao do 62 dia da Republica da India

Excelências, Distintos convidados, Senhoras e Senhores,

Saúdo cordialmente todos vós, por ocasião do Dia da República da Índia, e gostaria de lhes agradecer por ter poupado algum tempo de sua agenda lotada e estar aqui conosco.

Neste dia, em 1950, a Índia aprovou a sua constituição. É uma feliz coincidência que Angola adoptou a sua própria Constituição, em 2010, poucos meses depois da minha adesão à missão aqui. Tenho observado com interesse, o entusiasmo com que foi divulgado e analisado entre os angolanos. É uma evolução positiva.

2010 foi um ano agitado para a Índia. Tivemos trocas intensas e produtivas de alto nível, com muitos países, que estavam em consonância com o objectivo da  diplomacia indiana. para promover um ambiente internacional favorável ao nosso crescimento económico, reforça a nossa segurança e aumenta as nossas opções estratégicas.

E no processo de fazê-lo, a Índia não está apenas a manter as suas ligações históricas em África intacta, mas é também a revitalização do relacionamento, adicionando uma  maior dimenssãoda de cooperação económica.

A Índia sediará uma conferência a nível ministerial dos 49 Países Menos Desenvolvidos (PMD), que incluem 33 países Africano. A segunda Cimeira do Fórum África Brasil, que acontecerá no final deste ano num país Africano. Estou ansioso de que os Ministros dos Negócios Estrangeiros de Angola e São Tomé e Príncipe participem  na conferência dos países menos desenvolvidos.

O prestigiado Pan-Africano E Network Project entre a Índia ea África, o mais ambicioso programa de educação à distância e telemedicina em África já realizada foi galardoado com o Prémio para a hermes Inovação em Maio 2010. Lançada em 2009, 23 países Africano já estão se beneficiando do conhecimento compartilhado na educação e na medicina da Índia. Estou esperançoso de receber o projeto em Angola, no futuro imediato.

As relações calorosas e cordiais que é compartilhado entre a Índia e Angola continua a manifestar-se na esfera do comércio  com os números do comércio superando USD4.5 bilhões em 2010.

Também tivemos a oportunidade de sediar o Humilde Ministro dos Petróleos de Angola em Nova Deli e que tenham assinado um Memorando de Entendimento sobre a exploração de petróleo e gás natural.
Isso me dá grande prazer constatar que os cidadãos angolanos estão cada vez mais aproveitando a oportunidade oferecida pelos nossos programas de capacitação e treinamento em uma ampla gama de assuntos. Em 2010-11 mais de 60 nacionais, visitou a Índia para participar de programas.

Estou confiante de que nos próximos anos, nossos vínculos bilaterais devem continuar a prosperar.
Gostaria de concluir a apresentação com as minhas saudações e desejo a todos vocês e os vossos membros  familiars um otimo Ano Novo. Obrigado.